quinta-feira, 26 de março de 2009

Parem! Reajam……

Amigos…..

Deixem de falar mal da vida e trabalhem, parem de lamentar o que têm, que seja pouco acredito mas acreditem que muitos nem o pouco têm…. Não se queixem que ganham pouco pois quando o patrão vos pede para fazer horas vocês nunca estão disponíveis, se lhes pede para trabalhar o sábado, recusam porque preferem passar o dia no café ou em coisas banais!

Estamos numa fase em que tudo parece estar a desabar, o pior de tudo é nós próprios baixar-nos os braços, somos conformistas, pouco lutadores, acreditamos em tudo o que passa nos jornais e imprensa, já leram bem o que todos os dias se lê nos jornais?! Alguma coisa positiva?! Não, muito dificilmente, claro que não digo que não existem coisas muitos más a acontecer, mas certamente também existem as boas mas isso não vende, não chama  atenção, não provoca impacto……. E podemos culpar sempre os outros, mas já pensaram se fazem tudo o que está ao vosso alcance para melhorar o que se passa à vossa volta?! Não, na maioria das vezes, esperamos sempre que alguém resolva….

Desculpem lá o post, pois estou a escrever até com uma certa raiva, raiva pelo modo como o português pensa e actua, do modo como apenas pensa em si e só em si. Da quantidade de pessoas que nos seus cargos, sejam eles bons ou maus, estão a trabalhar e parece que é um favor que fazem ao patrão, parece que trabalham contra vontade, sem ânimo, demonstrando até falta de respeito para quem está desempregado e não tem trabalho, que por vezes fariam bem mais e melhor do que eles….

Trabalhem, lutem, ajudem, sejam positivos, nunca aceitem a derrota e nunca baixem os braços!

Tenho dito…..

9 comentários:

ana disse...

Não poderia concordar mais contigo.
Já dizia o meu professor do 1º ano de projecto: “Em vez de perderem tempo a ficar preocupados com o trabalho que está por fazer, façam-no duma vez por todas e parem de lamentar!”
Se todos, TODOS pensassem dessa forma, se dessem um pouco mais, se se esforçassem ainda mais, se trabalhassem para um bem comum, meu amigo: de certezinha absoluta que não existiria crise alguma!
Há alguns meses atrás, numa reunião de trabalho onde estavam presentes representantes de cada sector, falou-se precisamente no facto de cada um de nós ser mais disponível e tolerante.
Tolerante porque, em todo o lado existem pessoas que apenas lhes interessa puxar a brasa à sua sardinha. Pessoas que não sabem trabalhar em equipa, pessoas que temem perder o trabalho, perder a posição.
É difícil alcançar ou terminar um objectivo quando cada membro da equipa puxa cada um para o seu lado.

Apesar de concordar contigo, só me apetece dar-te um murro! =)))))) Assim bem juntinho ao nariz =)
Trabalhei 3 meses sem receber um tostão: nem um “obrigada”.
Desde 2005, apenas faltei 4 dias devido a doença.
Nunca saí à hora certa. Nunca apontei todas essas horas.
Desde que iniciei o meu contrato, em Julho, que chego a casa à hora de jantar. Trabalho em frente à praia e não me recordo de ver um pôr-do-sol desde esse mês.
Desde Novembro passado, existe mais um edifício ou seja: mais 2 exposições de 15 em 15 dias.
De 15 em 15 dias há uma sexta-feira em que fico a trabalhar para que a exposição seja aberta ao público no Sábado. Na sexta passada estive até às 2h da manhã.
Aqui estou eu hoje! Tal como todos os dias desta semana e de tantas outras!
E para quê ?????????????? Ãh ???
Uma palavra, uma palmadinha nas costas, mostrar interesse, procurar saber se estamos bem ou não, ouvir as pessoas, incentivar: deveria ser este o papel do superior.
É que isto de estarmos disponíveis, de nos sacrificarmos e às nossas famílias é muito bonito!
Para quê? Para chegar alguém que nos faz a cama e de um dia para o outro sermos despedidos???
Não é justo. Estou cansada. Estou farta.

Cabeça no ar disse...

adorei ler...

Di disse...

Ui!!

É obvio que tens razão, que somos de facto comodistas e só pensamos no nosso umbigo, mas assim de repente até me senti mal por ter rogado pragas hoje por estar atafulhada de trabalho...

izzie disse...

Adorei ler-te... até me apercebo ainda mais que tenho saudades tuas e das nossas conversas ;)

Obrigada pelo wake-up call! Mesmo!

Beijo

Miss R. disse...

concordo a 200%!!
especialmente mete-mo uma raiva kd ouço pessoal a queixar-se de tudo e de nada e depois nao sao produtivos e sao uns incomoetentes de 1ª!

menin. grande disse...

Oi Fenix!!!

Isto é só mais uma pura, crua e real verdade de outras que já referiste…
Mas o pior disso tudo

… saber….

É que a culpa recai sempre para os NOVOS
(ora não querem trabalhar, ora só pensam em cafés, ora só pensam em discotecas, ora só pensam em festas, etc.,…)
Mas quem esta a governar o país, quem é??!

VELHOS que lá estão a ganhar a 2 “carrinhos”…

Que nem sequer dão UMA oportunidade aos novos, para mostrarem o que realmente valem…..

Beijos… Fica Bem e porta-te bem mal

SORRI!!!!

disse...

Passo a vida a relembrar isso aos que me são próximos. O que a nós no parece pouco, para a maioria das pessoas seria muito bom e por isso, todos os dias agradeço por aquilo que tenho...

Inês e Mafalda disse...

Odeio lamentaçoes. Tens toda a razao...

Ve se vens visitar as meninas...;) Estamos com saudades ;) beijos

Salto-Alto disse...

Concordo plenamente!!!